Reunião do SISEPE define ações com foco nos filiados

Esta postagem foi publicada em 1 de novembro de 2018
Share

A Diretoria Executiva do Sindicato dos Servidores Públicos no Tocantins (SISEPE-TO) se reuniu na manhã de ontem para debater a relação da entidade com os seus sindicalizados. Com o fim da contribuição sindical obrigatória, a assessoria jurídica dos sindicatos será exclusiva aos seus sindicalizados. Os diretores ainda discutiram a ampliação de serviços aos sindicalizados do SISEPE-TO, como convênios com o comércio e prestadoras de serviços – academias, escolas, oficinas mecânica, restaurantes -, além de ações judiciais cobrando os pagamentos de direitos com efeitos exclusivos aos sindicalizados.

Na reunião, os diretores também debateram sobre o funcionamento do Plansaúde, onde cada um explicou a realidade de sua região. A Diretoria Executiva lembrou que esse plano é um benefício importante para os servidores e que continuará cobrando e acompanhando a prestação do serviço de perto. Foi destacada que na última reunião com o secretário estadual da Administração, Edson Cabral, ficou acertado que o governo faria uma ação para credenciar médicos, clínicas e hospitais nos estados do Maranhão, Goiás e Distrito Federal.

A Diretoria Executiva discutiu sobre a falta de sinalização por parte do governo do Estado em relação ao pagamento das progressões dos servidores do Quadro Geral, Naturatins e Ruraltins. Porém, por falta de avanço com o Executivo os direitos estão sendo cobrados na Justiça. O presidente do SISEPE-TO, Cleiton Pinheiro, informou que a dívida do governo estadual hoje com os servidores ultrapassa R$ 1 bilhão.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notificar a

Copyright®1991 - 2018 SISEPE - Sindicato dos Servidores Públicos no Estado do Tocantins

Criado por: