(63) 3215-2148

(63) 3215-1654

filiese

 

17137261

O Sindicato dos Servidores Públicos no Estado do Tocantins não se surpreende com a declaração do governador Marcelo Miranda que comemorou a decisão da Câmara dos Deputados de não dar andamento às investigações por corrupção passiva contra o presidente Michel Temer.

O mesmo foi gravado pelo empresário Joesley Batista, gravação periciada pela Polícia Federal, em uma conversa que deixa claro que o presidente deu aval para a compra do silêncio do ex-deputado federal, atualmente preso, Eduardo Cunha, na tentativa de impedi-lo de fazer uma delação premiada.

Acreditar que o País vai superar alguma crise mantendo no poder um presidente que já foi citado em várias delações e foi denunciado pela Procuradoria Geral da República é uma ilusão, é ser cúmplice de toda a sujeira política que assola o Brasil, é dizer sim para a corrupção, é dizer que não tem problema ser corrupto.

Mas sabemos que Marcelo e Temer têm lá suas semelhanças. Assim como no Planalto o presidente extermina os direitos dos trabalhadores com as reformas trabalhistas e da previdência, no Palácio Araguaia, o governador ignora as leis que obrigam o pagamento dos direitos dos servidores públicos. Descumpre a legislação e se apoia em mentiras para justificar suas decisões que só prejudicam os servidores tocantinenses.

Um desgoverno aqui, que apoia um governo ilegítimo em Brasília, que fala em estabilidade e desenvolvimento, mas que mantém o Tocantins sem investimentos, sem geração de emprego e renda, sem progresso. Parceiros que no fim, não pensam duas vezes antes de retirar direitos dos trabalhadores e servidores.  

botaoportal

enquete

transparencia

convenios

plansaude

juridico

portal servidor

videos

 

Aniversáriantes do Dia

Agenda do Presidente

loader

Localização