(63) 3215-2148

(63) 3215-1654

filiese

 

146677454976 jornada de trabalho 6h

A jornada de trabalho de 6 horas corridas para os servidores públicos da Administração Estadual é uma cobrança antiga do Sindicato dos Servidores Públicos no Estado do Tocantins (SISEPE-TO,) que foi atendida pelo governador interino Mauro Carlesse, publicada no Diário Oficial do Estado da última segunda-feira, dia 30 de abril.

Para o SISEPE-TO a redução da jornada de 6 horas é uma importante conquista para os servidores públicos do Tocantins já que a medida vai representar maior qualidade de vida, melhor produtividade e economia, tanto para os servidores, quanto para o próprio governo.

Vale lembrar que, por diversos governos, o SISEPE-TO tem cobrado a redução da jornada, sendo atendida temporariamente por alguns gestores

Em agosto de 2017, quando o ex-governador Marcelo Miranda retirou a jornada reduzida, o SISEPE-TO voltou a cobrar o expediente de seis horas protocolando ofícios diretamente no Gabinete do Governador e cobrando a manutenção da jornada regularmente nas reuniões com o então secretário de administração Geferson Barros.

O governador interino Mauro Carlesse implantou novamente a jornada de 6 horas como forma de gerar economia, obtendo redução de gastos com água, energia e materiais de consumo nos órgãos públicos, na tentativa de enquadrar o estado na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF.)

Entretanto, além de ajustar as contas do Estado, o governo deve observar também os demais benefícios que a redução da jornada trará, como a qualidade de vida e produtividade dos servidores públicos.

O SISEPE-TO sempre defendeu e alertou o governo de que a jornada de 6 horas gera economia para o servidor. Gastos com transporte, por exemplo, serão reduzidos já que os servidores que utilizam transporte público passarão a gastar menos com passe de ônibus. Por outro lado aqueles que utilizam transporte particular passarão a gastar menos com combustível e manutenção dos veículos.

Além de todos estes benefícios o expediente de 6 horas também contribui para o aumento da produtividade já que os servidores poderão dedicar parte de seu tempo livre a outras atividades, como lazer e aperfeiçoamento profissional, o que comprovadamente tornam o serviço público e o atendimento à população mais eficiente, já que servidor motivado trabalha melhor.

O SISEPE-TO ressalta ainda que a redução da jornada não vai afetar o atendimento e prestação de serviços à população, já que os servidores dos órgãos que lidam diretamente com atendimento ao público, dentre eles É Pra Já, Detran, Sine e Procon, já trabalham por turnos em jornadas de 6 horas, mantendo o atendimento ininterrupto à população. A jornada de 6 horas é, portanto, nada mais que um tratamento isonômico aos demais servidores da Administração Pública Estadual.

botaoportal

enquete

transparencia

convenios

plansaude

juridico

portal servidor

videos

 

Aniversáriantes do Dia

Agenda do Presidente

loader

Localização